Serviços Religiosos no Luxemburgo

Principais medidas de combate ao COVID em vigor

Clique na imagem e encontre uma proposta aberta a todos,

como celebrar o domingo em família:

Capture d’écran 2020-03-14 à 11.41.42.pn

Devido à evolução atual da propagação do coronavírus no Luxemburgo e às medidas tomadas pelo Conselho do Governoa Administração Diocesana anuncia que, no espírito de prevenção, todos os serviços religiosos públicos são permitidos (com algumas restrições infra). O arcebispo dispensa o preceito de domingo.

De acordo com as medidas divulgadas recentemente pelas autoridades, quem quiser participar nos cultos religiosos, poderá fazê-lo, mas respeitando as regras de combate ao COVID-19 que continuam em vigor.

As missas vão decorrer aos domingos nos horários habituais, nas igrejas de Bonnevoie, pelas 8h00, de Cents, às 10h30, e na Sacré-Coeur, às 17h00.

Os fiéis terão de usar máscara e a igrejas estão preparadas para garantir as condições de distanciamento social.

 

Como alternativa, todos os fiéis são convidados a seguir a missa, aos domingos, com retransmissão na "Rádio Latinapelas 9h.

Temos de ser compreensivos e devido ao momento que passamos, pedimos que as pessoas de risco para bem de todos considerem ficar em casa.

 

Não era assim que pensaríamos retomar a vida de fé, mas é a forma possível.
Rezemos uns pelos outros e que Deus nos abençoe e ilumine.

Relembramos as diposições em vigor:

 

Celebrações

  • O número máximo de pessoas que podem assistir a uma celebração religiosa é 300. 

  • A regra do distanciamento, o uso de máscaras e a atribuição de um lugar permanecem em vigor.

  • A obrigação de usar uma máscara não se aplica ao celebrante (principal), excepto durante a distribuição da comunhão, nem aos leitores e cantores durante o seu serviço.

  • O celebrante e a pessoa que distribui a comunhão, deve desinfectar as mãos antes de distribuir a comunhão.

  • Receber a comunhão na boca continua proibido.

  • O número acólitos presentes no altar deixa de estar limitado, desde que a regra do distanciamento seja respeitada.

  • Os acólitos ou outras pessoas podem fazer o ofertório durante as celebrações religiosas.

  • Os coros podem cantar sem máscaras e sem distanciamento durante as celebrações na igreja, desde que o número de cantores não exceda as 10 pessoas. Se o número de cantores for mais de 11, deve ser observada a regra da distanciação. O uso de livros de cânticos é novamente permitido.

  • Deve ser sempre assegurado que haja desinfectante na entrada da igreja

  • Na medida do possível os corredores em sentido único devem estar devidamente assinalados

  • Os locais a serem ocupados devem estar claramente indicados.

  • As pias de água benta continuam vazias.

  • As igrejas e capelas da arquidiocese permanecem abertas para oração pessoal.


Procissões

  • As procissões e outras atividades comunitárias ao ar livre são permitidas.

  • A capacidade máxima para procissões é de 50 pessoas.

  • O uso de máscaras e a regra da distanciação devem ser respeitados.


Catequese e grupo de jovens

  • Os grupos catequéticos para crianças e jovens podem retomar as suas actividades em grupos de até 30 pessoas.

  • Não é necessário o uso de máscaras para crianças até aos 6 anos de idade, para grupos com menos de 10 pessoas, quando sentadas, e para actividades ao ar livre.

  • As máscaras continuam a ser obrigatórias para grupos de mais de 10 participantes; a regra do afastamento não se aplica.

  • Os catequistas são obrigados a garantir que as salas sejam bem ventiladas.

A Administração Diocesana publicará informação oportunamente, dependendo da evolução da situação sanitária em geral e de acordo com os regulamentos oficiais.

Os fiéis são convidados a incluir nas suas orações, em particular, os pacientes afetados pela Covid-19 e os profissionais de saúde.